06/09/2021 / Ramon Cardoso

Esporte

Brasil é derrotado em Passo Fundo no encerramento do turno

O Brasil foi nesta segunda ao Vermelhão da Serra encarar o lanterna Passo Fundo (foto acima, de Daya Giacomini), no encerramento do turno do Grupo A da Segundona. A equipe farroupilhense pegou um rival pressionado e que buscava a primeira vitória. Por conta disso, o volume foi intenso desde os minutos iniciais.
O gol não demorou muito a sair e num baita vacilo defensivo do rubro-verde. Ferrugem cobrou lateral forte, no meio da área e o atacante Baiano se deslocou para o cabeceio, livre, abrindo o marcador aos 17 minutos. A equipe mandante se fechou e o Brasil não conseguia trocar passes. O primeiro chute a gol foi com o lateral Hiago, aos 28 minutos, para defesa de Lúcio. Aos 31, Alisson driblou o lateral Mário e chutou, mas a zaga desviou para escanteio.
Quando o time farroupilhense começava a ensaiar uma pressão, veio o 2 a 0. Ferrugem tocou para Obina que escorou para Luiz Thiago, que havia entrado no lugar do meia Adilson, que saiu por lesão. O meia acertou um belo chute de canhota, na entrada da área, no ângulo, e marcou um golaço para ampliar o placar aos 40 minutos, resultado do intervalo.
Na volta para a etapa final, Hiago criou um lance de perigo logo no primeiro minuto, mas aos poucos o Passo Fundo esfriou o jogo. Com muita cera e faltas em sequência, o time da casa se fechou defensivamente e não ofereceu espaços para o Brasil. Alê Menezes ingressou com Thales no lugar de Vitão, que jogou muito isolado, e tentou dar mais volume no meio, também com o ingresso de Diego na esquerda e passando Wellington para o meio campo, com a saída de Lúcio.
Porém, o Brasil deu seu primeiro chute a gol só aos 31 minutos, com Mateus Paulista. No final, Jonathan Walker ainda evitou o terceiro em finalização de Luiz Thiago, aos 48, e Tatá, aos 49, desperdiçou a chance de transformar a vitória em goleada. No final, triunfo do Passo Fundo por 2 a 0.
Com o resultado o Brasil caiu para o 5º lugar, com 9 pontos, perdendo a 4ª posição para o Cruzeiro, que tem a mesma pontuação, nos critérios. O Veranópolis lidera com 17, seguido do União com 12 e Glória com 10. O Tupi, que venceu o Igrejinha em Crissiumal também nesta segunda por 1 a 0, subiu para 7 pontos, em 6º, mesma pontuação do Passo Fundo, 7º nos critérios. A lanterna é ocupada pelo Igrejinha, com 4 pontos.
O rubro-verde volta a campo na próxima quinta, às 20h, nas Castanheiras, encarando o Passo Fundo e com a presença do torcedor, após um ano e meio de pandemia, no encerramento da 8ª rodada do Grupo A, que abre o returno e reserva ainda Veranópolis x Cruzeiro e Glória x União, na quarta, e Igrejinha x Tupi, na quinta.

Segundona Gaúcha (7ª rodada do Grupo A)
Passo Fundo   2

Lúcio; Ferrugem, Negretti (Gustavo, aos 23 do 2º), Murilo e Mário; Thiago Carvalho, Magno e Adilson (Luiz Thiago, aos 31 do 1º); Túlio (Tatá, aos 23 do 2º), Baiano e Obina (Guilherme Vieira, aos 19 do 2º). Técnico: Júlio César Nunes
Brasil   0
Jonathan Walker; Hiago, Wendell, Souza e Wellington Santos (Ítalo, aos 30 do 2º); Pedro (Luiz Carlos, aos 33 do 2º), Lúcio (Diego Hoffmann, aos 13 do 2º) e Gean Correia; Alisson, Mateus Paulista e Vitão (Thales, aos 13 do 2º). Técnico: Alê Menezes
Gols: Baiano, aos 17 do 1º tempo, e Luiz Thiago, aos 40 do 1º tempo, para o Passo Fundo
Cartões amarelos: Obina, Magno, Luiz Thiago, Guilherme Vieira e Tatá (Passo Fundo); Diego Hoffmann (Brasil)
Arbitragem: Rafael Scolari, auxiliado por Deonir Antunes e Jonas Carls
Local: Estádio Vermelhão da Serra, em Passo Fundo
Data: Segunda, 6 de setembro de 2021

 

Compartilhe

Veja Também:

Coração e raça: Brasil está classificado às quartas da Segundona

O duelo, como se imaginava, foi muito brigado, peleado, truncado, com muito mais transpiração do que inspiração. O Brasil foi a campo neste domingo à tarde, nas Castanheiras, necessitando da vitória diante o Igrejinha para se classificar ao mata-mata da Segundona. O rival, por sua vez, tinha um sério risco de queda e, para não depender de terceiros, necessitava vencer.
Até mesmo por isso, o Igrejinha não ficou atrás. Mesmo assim, o confronto não foi franco. Foi de supremacia dos setores defensivos sobre os ofensivos. E as chances, nem eram chances, pois foram criadas a partir de faltas e escanteios....

18/10/2021 / Ramon Cardoso

Gurias rubro-verdes vencem novamente o Pelotas e praticamente selam classificação à semifinal

O Brasil Feminino não teve uma grande performance diante do Pelotas, neste domingo pela manhã, nas Castanheiras, mas o que valeu foram os três pontos e o fato da equipe não ter levado cartões, que é um dos critérios de desempate em caso de igualdade em pontos e vitórias. As gurias rubro-verdes chegaram aos 9 pontos e estão virtualmente classificadas à semifinal da competição estadual.
Sem a zagueira Joyce, lesionada, o técnico Fernando Varani promoveu alterações no time titular. A volante Bahia voltou à zaga, Laysa passou a atuar mais recuada, como única volante, e ...

17/10/2021 / Ramon Cardoso