09/08/2017 / Ramon Cardoso

Esporte

Apahand/UCS/Farroupilha segue 100% no Gaúcho e foca atenções na Liga Nacional

Na 2ª etapa do Campeonato Gaúcho de Handebol, disputada no fim de semana, em Campo Bom, a Apahand/UCS/Farroupilha (foto acima) confirmou o favoritismo e não deu chances para as rivais, finalizando a fase classificatória com 100% de aproveitamento e com a melhor campanha entre as semifinalistas.
A equipe obteve mais três vitórias na etapa, ao derrotar a Handebol Feminino de Santa Maria (HFSM) por 36 a 6, a anfitriã, Associação Esportiva Campo Bom (AECB) por 40 a 18 e, por fim, vencer a Liga Hamburguense de Handebol (LHH) por 27 a 15. Na 1ª etapa, o time já havia vencido a UFRGS por 35 a 12, a Canoas Handebol Ulbra por 34 a 7 e o Clube Handebol Capão da Canoa por 43 a 8.
Com isso, a Apahand encerrou a fase de habilitação do Gaúcho com seis vitórias em seis jogos, consolidando-se como única invicta e com 100% de aproveitamento, melhor ataque (215 gols) e defesa menos vazada (66 gols sofridos), restando um saldo positivo de impressionantes 149 gols. Classificada à semifinal, que ocorre no início de dezembro, a equipe enfrentará o Canoas.
Neste domingo, às 10h, no Ginásio Poliesportivo da UCS, a Apahand faz sua estreia na Liga Nacional de Handebol Feminino como mandante. A equipe encara o Guarulhos buscando recuperação na Conferência Sul/Sudeste após sofrer duas derrotas em Santa Catarina, diante da UnC Concórdia, por 25 a 24, e a Abluhand Blumenau, por 27 a 24. O confronto abre uma série como mandante, que ainda prevê duelos contra Maringá, no dia 19, e Unip São Bernardo, no dia 11 de setembro. 

Compartilhe

Veja Também:

Valeu demais, gurias rubro-verdes !!!

Claro que o objetivo era vencer, classificar e seguir no Brasileirão Série A2, mas todos hão de convir que a dificuldade era imensa. O Brasil Feminino caiu no Grupo F, o único com três times de Série A e dois de B do profissional. O maior investimento acabou pesando e a equipe farroupilhense se despediu nesta sexta de sua segunda aparição em uma competição nacional.
O duelo contra o Vasco da Gama, nas Castanheiras, começou com uma grande chance para o time farroupilhense. A meia atacante Rhayssa lançou a centroavante Yasmin Tanque que, do bico da área, tentou o ângulo da goleira Claudice...

19/06/2021 / Ramon Cardoso

Gurias rubro-verdes dominam duelo, mas perdem para Chape e estão fora da A2

Em sua melhor performance na Série A2, o Brasil Feminino (foto acima, de Leonardo Antunes/SERC Brasil) acabou não confirmando sua superioridade e, com a derrota para a Chapecoense, neste domingo à tarde, no CT Água Amarela, em Chapecó, deu adeus à competição nacional. A equipe farroupilhense não tem mais chances de classificação e se despede da disputa em confronto contra o líder Vasco da Gama, no dia 18, nas Castanheiras.
Logo no início, Samira aproveitou um rebote da defesa farroupilhense e abriu o marcador para o time de Chapecó. O gol fez as mandantes recuarem e, aos poucos, a...

06/06/2021 / Ramon Cardoso