24/11/2017 / Ramon Cardoso

Política

Vereadores obtêm compromisso de liberação de R$ 2.750 mil em emendas de custeio para o São Carlos

Na manhã desta sexta, a comitiva farroupilhense que esteve em Brasília fez um breve relato da viagem em coletiva de imprensa e apresentou números de emendas parlamentares obtidas com a senadora Ana Amélia Lemos (PP) e com 11 deputados, de sete legendas (veja em destaque abaixo). Estiveram na Capital federal os vereadores Odair Sobierai (PSB), Raul Herpich (PP), Tiago Ilha (PRB), o presidente Fabiano André Piccoli (PT), Alberto Maioli (Rede), Tadeu Salib dos Santos (PP) e Jorge Cenci (PMDB), na foto acima.  
O grupo viajou na terça pela manhã e retornou na quinta à noite. Em Brasília, realizaram visitas a gabinetes de 26 deputados e dos três senadores, além de visitas ao Ministério da Saúde, onde o Hospital Beneficente São Carlos, motivo da viagem, foi a pauta, com a possibilidade de inclusão da instituição de saúde em programas especiais do governo federal. Além disso, também foi feita uma visita ao Ministério do Desenvolvimento Social, tendo como tema a questão que envolve o consumo de suco de uva nas escolas. 
Com a senadora e os deputados, a comitiva obteve o compromisso de liberação de R$ 2.750 mil em custeio para o São Carlos. O vereador Herpich falou da dificuldade em conseguir muitos dos recursos, por conta de não serem na esfera do investimento que, em tese, permite uma melhor divulgação do emprego das emendas. Ilha reportou a boa receptividade que o grupo teve nos gabinetes e Tadeu e Cenci fizeram questão de ressaltar o trabalho despolitizado do grupo que, em Brasília, defendeu um único partido: o Hospital Beneficente São Carlos. 
Passando por uma grave crise financeira, a instituição necessita de maneira premente de recursos para sua própria sobrevivência. Acompanharam a coletiva de imprensa também Janete Toigo, diretora do HBSC, Nelso Molon, diretor jurídico do São Carlos, Clarice Baú Porto, representando a secretária da Saúde Rosane da Rosa, e Lourdes Refosco, presidente das Voluntárias da Saúde, que estiveram em peso acompanhando a apresentação dos resultados obtidos na viagem desta semana. 

Emendas para custeio do HBSC 
Deputado José Otávio Germano (PP): 350 mil
Deputado Pepe Vargas (PT): 300 mil
Deputado Renato Molling (PP): R$ 300 mil 
Senadora Ana Amélia Lemos (PP): R$ 250 mil 
Deputado Henrique Fontana (PT): R$ 250 mil 
Deputado Mauro Pereira (PMDB): R$ 250 mil 
Deputado Afonso Motta (PDT): R$ 250 mil 
Deputado Carlos Gomes (PRB): R$ 250 mil 
Deputado Covatti Filho (PP): R$ 250 mil 
Deputado Giovani Cherini (PR): R$ 100 mil 
Deputado Jerônimo Goergen (PP): R$ 100 mil 
Deputado João Derly (Rede): R$ 100 mil 

Divisão das emendas por partidos
PP: R$ 1.250 mil 
PT: R$ 550 mil 
PDT: R$ 250 mil
PMDB: R$ 250 mil 
PRB: R$ 250 mil 
PR: R$ 100 mil 
Rede: R$ 100 mil 

 

 

  
 


 

Compartilhe

Veja Também:

Recurso é aceito e governador mantém Serra na bandeira laranja

Em live no final da tarde desta segunda, o governador Eduardo Leite apresentou o resultado dos pedidos de reconsideração na classificação das bandeiras estipuladas pelo distanciamento controlado. Assim como ocorreu na semana passada, a Serra teve o recurso aceito e, com isso, não ingressará na bandeira vermelha, permanecendo, portanto, na laranja. O recurso da Associação dos Municípios da Encosta Superior do Nordeste (Amesne) foi novamente formulado pelo Observatório Regional da Saúde da Universidade de Caxias do Sul (UCS).
Leite destacou que, embora o número de internações em leitos d...

06/07/2020 / Ramon Cardoso

Serra volta à bandeira vermelha com mais quatro regiões

Como já era de se esperar, a Serra voltou a ser classificada como bandeira vermelha em nova rodada do distanciamento controlado, que foi anunciada no final da tarde desta sexta pelo governador Eduardo Leite. Além da serrana, as regiões de Palmeira das Missões, Erechim e Pelotas, que estavam na bandeira laranja, migraram para a vermelha, e o mesmo aconteceu com a região de Taquara, que estava na amarela. Permanecem com a bandeira vermelha as regiões de Porto Alegre, Canoas, Novo Hamburgo, Capão da Canoa e Passo Fundo. 
Com isso, são 10 regiões do Estado (veja na imagem) que são, no entendimento do governador,...

03/07/2020 / Ramon Cardoso