31/07/2020 / Ramon Cardoso

Política

Serra abre agosto na vermelha e número de regiões sobe para 12

A nova rodada do distanciamento controlado foi anunciada pelo governo do Estado no final da tarde desta sexta. A Serra permaneceu, no modelo, classificada como bandeira vermelha pela quinta semana consecutiva na avaliação prévia (veja mapa acima). Na primeira da série, o recurso do Observatório Regional da Saúde, da Universidade de Caxias do Sul, feito para a Associação de Municípios da Encosta Superior do Nordeste (Amesne), foi acatado, nas três seguintes acabou indeferido. Nesta um novo recurso deve ser feito até o domingo pela manhã.
Cinco regiões migraram da bandeira laranja para a vermelha: Bagé, Lajeado, Pelotas, Santo Ângelo e Santa Rosa. Além da Serra, permaneceram na bandeira vermelha as regiões de Porto Alegre, Canoas, Novo Hamburgo, Taquara, Passo Fundo e Palmeira das Missões. A única que teve diminuição das restrições foi a região de Capão da Canoa, que passou da bandeira vermelha para a laranja. Ou seja, são 12 as que estão com alto risco de contágio e propagação do coronavírus, conforme estudo do Palácio Piratini. Além de Capão, mais sete estão na bandeira laranja: Cachoeira do Sul, Cruz Alta, Erechim, Ijuí, Santa Cruz do Sul, Santa Maria e Uruguaiana, que totalizam oito.   
Na apresentação, a equipe técnica do governador explicou mudanças ocorridas no modelo ao longo das últimas semanas, além de ter reforçado que o gestor estadual está em conversas com dirigentes de Associações de Municípios e prefeitos para uma gestão compartilhada, mas que até o momento não saiu do papel, mesmo tendo sido feito o anúncio da meta, por parte de Leite, ainda no último dia 20. Com o aumento do número de regiões, a tendência é que esse debate seja acelerado a partir de segunda, quando haverá a definição definitiva da semana.

Uva e Vinho tomam posição
Os 36 municípios que integram a Região da Uva e Vinho adotaram, de forma unânime e conjunta, um protocolo específico nesta sexta, que seria mais restritivo que os de bandeira laranja, mas mais brandos que as exigências da bandeira vermelha. As regras passam a valer nos municípios, mas ainda não houve um posicionamento do Estado se é possível a permanência com regras mais flexíveis, especialmente no que se refere ao comércio.

Compartilhe

Veja Também:

Amesne protocola pedido de flexibilização ao Estado

Nesta segunda pela manhã, a Associação dos Municípios da Encosta Superior do Nordeste (Amesne) protocolou um pedido de flexibilização das regras previstas pelo governo do Estado em seu modelo de distanciamento controlado. A medida visa, sobretudo, amenizar algumas das restrições que afetam severamente o comércio.
O Comitê Técnico da Amesne, entidade que é presidida pelo prefeito Fabiano Feltrin (foto acima, de Ari Júnior) foi quem levantou os dados para o embasamento da ação, como o fato da vacinação já ter sido realizada para grupos acima de 70 anos, p&uacut...

29/03/2021 / Ramon Cardoso

Feltrin assume a presidência da Amesne

Em reunião virtual realizada nesta quinta à tarde, o prefeito Fabiano Feltrin acumula agora o cargo também de presidente. Ele assume a Associação dos Municípios da Encosta Superior do Nordeste, a Amesne, para a gestão 2021/2022.
O encontro contou com a participação de mais de 30 gestores municipais que integram a Associação. Feltrin (na foto acima, de Ari Júnior) assume no lugar do também progressista José Carlos Breda, ex-prefeito de Cotiporã. 

18/03/2021 / Ramon Cardoso