03/10/2017 / Daniel Rufatto

Inside

Sequência de Rabiscos: primeiro livro de Egui Baldasso já disponível em versão digital

Sucesso na internet, o blog Sequência de Rabiscos, do farroupilhense Egui Baldasso, foi transformado em livro. A obra já está disponível para venda em formato digital, por R$ 19,90, nas lojas virtuais da Livraria Cultura, Amazon, Google Play, iBooks, Kobo e Wook. O lançamento da versão impressa está previsto para o fim do mês.
“A oportunidade surgiu de uma parceria com a Editora Viseu, do Paraná, que aposta em novos autores e proporcionou a produção do livro. As conversas começaram na metade do ano, e foram avançando até o lançamento do formato digital do Sequência de Rabiscos”, explica o autor, que é formado em Jornalismo pela UCS e atualmente mora em Porto Alegre.
O livro é uma coletânea dos melhores textos de Egui e aborda temas diversos, como divagações sobre relacionamentos e comportamentos humanos. “O Melhor Beijo”, “O Tempo da Espera”, “Amor de Lata”, “Sem Inventar” e “Saudeando” são algumas das reflexões que podem ser encontradas na obra.
“Eu escrevo desde a adolescência, mas comecei a publicar meus textos somente a partir de 2012, no blog que dá título ao livro. A divulgação do meu trabalho, inclusive, deve-se bastante à pressão de alguns amigos que me cobravam por não expor o que produzia”, assinala Egui, que, apesar do considerável volume de textos já publicados, revela que a maior parte da sua produção literária não vai para a internet.

Compartilhe

Veja Também:

Singles da Quintal Supernova são lançados

A banda formada pelos irmãos Brites, Maria Carolina (vocal e teclado) e Mateus (guitarra e violão), e por Lennon Chaves (bateria), lança, nesta quinta, seus dois primeiros singles, o “Por Onde Você Vai” e “Vou Te Deixar Pra Trás”, que já estão disponíveis em todas as plataformas. Na foto acima, do Arquivo Pessoal, Lennon, Maria Carolina e Mateus.
Com influências de Kasabian, Oasis, Duffy e Nina Zilli, a Quintal Supernova foi um projeto gestado durante a pandemia e que remete às memórias afetivas e musicais dos Brites, com composições criadas na casa dos pais, um ambiente...

19/11/2020 / Ramon Cardoso

Recordar é viver: há 30 anos, Ronda vencia o Fegart

Atual patrão do Centro de Tradições Gaúchas (CTG) Ronda Charrua, Rogério da Silva entrou em contato com a Redação nesta semana para destacar uma data emblemática para o tradicionalismo farroupilhense. Nesta quarta, há exatos 30 anos, o Ronda entrava para a história ao conquistar o título do Festival Gaúcho de Arte e Tradição, o Fegart, que acontecia, à época, em Farroupilha.
O grupo campeão (foto acima, de Cândida Photo Art) consolidava o CTG entre os grandes e mudava o Ronda de patamar, tanto é verdade que, a partir daí, a agremiaç&atild...

28/10/2020 / Ramon Cardoso