25/05/2020 / Ramon Cardoso

Inside

‘Primeiros peregrinos’ debatem o Caminhos de Caravaggio

Foi entre os dias 11 e 16 de janeiro de 2019, que os ex-secretários Francis Casali (Turismo e Cultura) e Roque Severgnini (Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Renda), o empresário Gilberto Galafassi (atual secretário de Finanças) e o juiz Mário Maggioni desbravaram, pela primeira vez, o novo roteiro turístico serrano, que mistura aventura, esporte, lazer e religiosidade.
Nos seis dias, o quarteto percorreu os 202,6 quilômetros que ligam os Santuários de Nossa Senhora de Caravaggio de Canela ao de Farroupilha, perfazendo pela primeira vez o “Caminhos de Caravaggio”. Aos poucos, o projeto acabou aprovado, recebeu investimentos para melhoria na infraestrutura e está cadastrado no Ministério do Turismo para a captação de recursos para a sinalização, mas que ainda não foi contemplado pela pasta federal. Ao longo do trajeto, empreendimentos começaram a se instalar e, os que já estavam, incrementaram sua estrutura, e os aventureiros começaram a realizar o roteiro.
Porém, com a pandemia do covid-19, o Caminhos de Caravaggio ficou estagnado, justamente quando começava a se popularizar. Qual o futuro do roteiro turístico? O que esperar dele? Que medidas podem advir do pós-pandemia para que não se perca tudo que foi plantado? Os quatro peregrinos (Galafassi, Francis, Maggioni e Roque, na foto acima, do Arquivo do Jornal Informante) participam de uma Live nesta sexta, às 19h, para debater o tema, que interessa e muito à cadeia turística farroupilhense. Mais sobre o programa você confere na Capa do Inside da Edição 639 do Jornal Informante, que circula na próxima sexta.  

Compartilhe

Veja Também:

Projeto RodaMoinho Cultural é contemplado pela Aldir Blanc

Proposto pela Associação Cultural Moinho Covolan, o projeto RodaMoinho conquistou, nesta semana, o 1º lugar na Serra e figurou entre os que tiveram avaliação mais alta do Rio Grande do Sul entre mais de 6 mil propostas cadastradas no edital “Criação e Formação: Diversidade das Culturas”, da lei federal Aldir Blanc, desenvolvida em parceria com a Secretaria da Cultura do Estado e Fundação Marcopolo.

O RodaMoinho propõe um conjunto de ações culturais integradas a partir da edificação histórica e reforça a luta da Associação pela pres...

24/02/2021 / Ramon Cardoso

Biamar promove um olhar voltado à própria história

Em tempos de pandemia, a Biamar volta o olhar à sua própria identidade e lança a coleção “Nossas Raízes”, campanha desenvolvida explorando o Rio Grande do Sul em um Editorial de Moda que enaltece as belezas da terra, que foram registradas nos cliques de Eduardo Carneiro (veja mais nas fotos acima e abaixo). 
“Há mais de uma década vínhamos fotografando fora do País. Fizemos materiais na Europa, na Rússia, no Japão. Com a pandemia, tudo mudou, a vida das pessoas mudou. A gente decidiu que era hora de olhar para nossa terra e explorar isso o máximo possível&qu...

25/01/2021 / Ramon Cardoso