29/08/2017 / Ramon Cardoso

Esporte

Farroupilhense Fabricio Guisso Tartarotti conclui 1ª Maratona Internacional de Florianópolis

Há cinco anos, Fabricio Tiago Guisso Tartarotti (foto acima) começou a correr. Praticamente habitual de esportes, de natação a futebol, ele resolveu investir na corrida e se apaixonou. As distâncias foram aumentando e, no domingo, ele encarou seu maior desafio esportivo: concluir sua primeira maratona. Missão que foi cumprida com êxito na edição inaugural da Maratona Internacional de Florianópolis. 
"Foi muito bacana, me sinto realizado. Fiquei até certo ponto surpreso com o meu desempenho. Fiz a prova em quatro horas, que é um tempo muito bom. Foi gratificante", revelou o advogado de 32 anos. Fabricio ficou na posição 532 entre 1.214 participantes. Na sua categoria, de 30 a 34 anos, foi o 109º. A preparação para a prova começou há quatro meses e envolvia uma média de treinos de 60 a 70 quilômetros por semana.
A 1ª Maratona de Florianópolis reuniu competidores de praticamente dos os Estados brasileiros e de Países Sul-Americanos, além de atletas da Austrália, Filipinas e Portugal. Foram mais de 6 mil que disputaram as provas, que também ocorreram na modalidade de 5 e 10 quilômetros e na Maratona em Dupla. Veja mais sobre a trajetória do corredor farroupilhense na Editoria de Esporte da Edição 501, que circula na próxima sexta.  

Compartilhe

Veja Também:

Gurias rubro-verdes tiveram semana cheia de treinamentos

Em uma semana foram cinco treinos. As gurias rubro-verdes fizeram bom proveito dos dias de bandeira laranja na Serra para tirar os mais de 110 dias de pandemia do corpo e começar, aos poucos, a recuperar a capacidade física e técnica para quando forem retomadas as competições. O Brasileirão Série A2 tem volta projetada para o final de setembro.
Na sexta à noite, nas Castanheiras (foto acima, de Ramon Cardoso/Jornal Informante), um treino de duas horas, muito intenso, tanto físico quanto técnico, comandado na parte inicial pelo preparador físico Rafael Dos Santos, o Brasa, e na final pelo técnico Luc...

11/07/2020 / Ramon Cardoso

Brasil Feminino conta agora com psicóloga e nutricionista

O momento é dos mais delicados e justamente por isso exige uma estrutura de suporte necessária ao projeto. A diretoria da Sociedade Esportiva, Recreativa e Cultural (SERC) Brasil, por meio do Departamento de Futebol Feminino, vem buscando profissionalizar ainda mais o trabalho. A partir desta semana, duas novas profissionais passam a integrar o projeto das gurias rubro-verdes: a psicóloga Luana Menosso e a nutricionista Fernanda Werberich (na foto acima, da Assessoria de Imprensa da SERC Brasil, ao lado da coordenadora Tati Petkovicz Pozza).
Luana ressaltou que esta é a sua primeira experiência na área esportiva, mas relatou que realizou um ...

07/07/2020 / Ramon Cardoso