24/10/2017 / Ramon Cardoso

Saúde

Farroupilhense Daiana Garbin é a entrevistada do caderno Saúde, Beleza & Estética

Jornalista de destaque na Rede Globo, a farroupilhense Daiana Garbin (foto acima, de Maurício Nahas) surpreendeu quando pediu desligamento da emissora e criou o canal do YouTube “Eu Vejo”. Com 60 mil inscritos e 1,5 milhão de visualizações, ele, por sua vez, foi responsável pela publicação de seu primeiro livro, o “Fazendo as Pazes com o Corpo”, lançado neste mês.
A pauta da obra é delicada, já que trata de transtorno alimentar, mas aborda outras frentes, como a busca obsessiva pelo corpo perfeito e a preocupação demasiada com a opinião de terceiros quando o assunto é beleza e físico. Em entrevista para o Jornal Informante, a farroupilhense fala sobre a questão no Saúde, Beleza & Estética desta semana. Confira na Edição 509, que circula na próxima sexta. 

Compartilhe

Veja Também:

Haux inaugura em Caxias e projeta unidade em Farroupilha

A primeira franquia do País projetada para médicos empreendedores inicia sua jornada. A Haux Clinic (foto acima, de Clayton Macedo), iniciativa que envolve recursos na ordem de R$ 5 milhões, começa sua atividade por Caxias do Sul, tem uma meta audaciosa de superar as 200 unidades no Brasil e 17 municípios gaúchos estão na mira do empreendimento, inclusive Farroupilha, que deve receber uma unidade assim como Bento Gonçalves e Gramado na Serra, além de outras 14 cidades gaúchas: Passo Fundo, Erechim, Pelotas, Rio Grande, Santa Cruz, Santa Maria, Lajeado, Canoas, Novo Hamburgo, São Leopoldo, Porto Alegre, Bagé...

02/09/2020 / Ramon Cardoso

Estado, enfim, efetiva aquisição de 10 leitos de UTI do São Carlos

Na live de segunda, quando anunciou o mapa definitivo do modelo de distanciamento controlado para esta semana, o governador Eduardo Leite anunciou a aquisição, por parte do Estado, de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e, entre eles, os 10 do Hospital Beneficente São Carlos (HBSC), que haviam sido destinados por meio de recursos do Ministério Público (MP) e estavam nos cofres estaduais desde o início de abril.
O gestor estadual comunicou que o preço, no primeiro certame licitatório, havia ficado com preço 100% superior ao valor de mercado e sem garantia de entrega no prazo que o Palácio Piratini julgava...

04/08/2020 / Ramon Cardoso