07/06/2019 / Ramon Cardoso

Política

Deputado Sanderson recebe demanda e projeta votações no Congresso

Em visita a Farroupilha, na manhã desta sexta, o deputado federal Ubiratan Sanderson (PSL/RS) recebeu demandas da comunidade, conversou com lideranças políticas e partidárias e também projetou o cenário brasiliense, que reserva um ano de importantes votações, em especial a da Reforma da Previdência, que caminha para seus trâmites finais no Congresso Nacional. 
"Tivemos quatro anos de paralisação administrativa. Não só do Poder Executivo, mas do Legislativo também. A Dilma passou dois anos tentando evitar o impeachment e o Temer mais dois anos buscando não ser preso. Há uma demanda represada muito grande. Só para ter uma ideia, são 6 mil projetos na CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) aguardando relator", destacou o parlamentar (foto acima, de Fabiano Gasperin/Jornal Informante), que está em seu primeiro mandato. O ambiente, contudo, não chega a surpreendê-lo. 
"Eu sou policial federal, trabalhei em algumas ações da Lava-Jato, sei muito bem como funciona o sistema, mas também tenho muita esperança que as coisas mudem. Há muitos deputados que chegaram a Brasília com uma nova mentalidade, que querem realmente fazer uma mudança, contudo, o centrão é muito forte e vai resistir às alterações propostas", aposta Sanderson, que integra, além da CCJ, as Comissões de Segurança Pública, Aviação e Transportes, Integração Nacional, Mercosul e Serviço Público e Trabalho. 
Através desta última, acabou ingressando na Confederação Nacional da Indústria, no trabalho para desfazer os gargalos burocráticos que travam o processo industrial brasileiro. Segundo deputado que mais apresentou projetos de lei, foram 26 ao todo, Sanderson também relatou 30 projetos nas diversas Comissões que integra. Na cidade, ouviu com atenção demandas técnicas, como a do Hospital Beneficente São Carlos (HBSC), que tem uma pauta junto ao Ministério da Saúde. Sanderson acredita que a Reforma Tributária deve passar e, a partir dela, as demais, como a Tributária e a Política, transcorrerem naturalmente.
“A Previdenciária deve passar com alguns ajustes e o grande problema é o que se refere à aposentadoria rural, que gera sozinha R$ 85 bilhões de prejuízo. A conta não fecha, temos 13% da população campesina e os beneficiários desse tipo de aposentadoria são 30% do total”, aponta o parlamentar gaúcho. Também atuando como vice-presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Sanderson destacou que trabalha para inquirir o ex-presidente Lula. O prejuízo causado aos cofres públicos em empréstimos do BNDES é um dos focos de atuação do governo Bolsonaro.

Compartilhe

Veja Também:

Jornal Informante publica pesquisa eleitoral nesta sexta

Realizada pelo Instituto Gaúcho de Pesquisas de Opinião, o Igape, o Jornal Informante publica a primeira pesquisa eleitoral do pleito farroupilhense na Edição 659, que circula nesta sexta. O Instituto ouviu 532 munícipes para a elaboração do material, distribuído dentro dos indicadores de sexo, faixa etária, escolaridade e renda.
Além da pesquisa espontânea e induzida, o Igape também avaliou o cenário de induzida com o vice, rejeição, certeza de voto e expectativa de vitória, além das tabelas cruzadas com os percentuais dos candidatos dentro de cada...

08/10/2020 / Ramon Cardoso

Serra: bandeira laranja com protocolo de amarela

A nova rodada do distanciamento controlado, a 17ª, foi divulgada no final da tarde desta sexta pelo governo do Estado. No modelo, a Serra permanece classificada com a bandeira laranja pela quarta semana consecutiva e o Observatório Regional de Saúde, da Universidade de Caxias do Sul (UCS), ingressou, representando a Associação dos Municípios da Encosta Superior do Nordeste (Amesne), com um pedido de gestão compartilhada e que foi aceito, ou seja, que permite a adoção de medidas e protocolos adotados na bandeira amarela.
Além da Serra, permaneceram com a bandeira laranja as regiões de Santa Maria, Uruguaiana,...

28/08/2020 / Ramon Cardoso