26/03/2018 / Ramon Cardoso

Política

Curso de capacitação do Observatório Social inicia atividades da primeira turma

Nesta segunda à tarde, na UCS Farroupilha, teve início o curso de capacitação da primeira turma de voluntários do Observatório Social (OS) de Farroupilha. A atividade segue na terça e quarta. O curso é ministrado online, das 14h às 15h30min, e a iniciativa, na cidade, é capitaneada pelo coordendor executivo Bruno Ruaro Varisco. 
Na foto acima (de Ramon Cardoso/Jornal Informante), os integrantes da primeira turma: Rudi Perini, o coordenador Bruno, Glediston Perottoni, Luiz Fernando Felicetti, Áubier Teccin Roncaglio Bagnara, José Henrique Magagnin e Paulo Azelar Schneider. 
Conforme destacou Bruno, a intenção é de que o curso seja ofertado à medida que os voluntários mostrem interesse em participar do curso de capacitação. Para isso, porém, é necessário não ser filiado a nenhum partido político nem participar de atividades de nenhuma legenda. 
Caso o voluntário possua a filiação, mas não participe de ações do partido, é possível realizar a desfiliação com o próprio OS Farroupilha. Mais informações na Editoria de Política da Edição 531 do Jornal Informante, que circula, nesta semana, excepcionalmente na quinta, por conta do feriadão de Páscoa. 

Compartilhe

Veja Também:

Piccoli assina ficha no PSB

O vereador Fabiano André Piccoli, com uma história criada dentro do Partido dos Trabalhadores (PT), sigla que deu suporte às duas eleições de Claiton Gonçalves, na primeira gestão atuando como secretário de Turismo e, na atual, como vereador, tendo sido presidente da Casa Legislativa Lidovino Antônio Fanton no primeiro ano da presente legislatura, em 2017, deixou a legenda na sexta e assinou sua filiação ao Partido Socialista Brasileiro (PSB).
“Desde a eleição de 2016 eu vinha descontente com a postura do partido em relação a todas as questões que aconteceram, a falt...

21/03/2020 / Ramon Cardoso

“Eu causei algum prejuízo à cidade?”, questiona Claiton em coletiva

A primeira entrevista coletiva dado pelo prefeito Claiton Gonçalves após o segundo pedido de impeachment, que ocorreu no final da manhã desta segunda, na sala de reuniões de seu gabinete, foi muito diferente da primeira (foto acima, de Ramon Cardoso/Jornal Informante). Se naquela o chefe do Poder Executivo tergiversou, não respondeu objetivamente às questões e procurou fazer um apanhado das ações de sua gestão, nesta ele primou pela objetividade, embora também tenha, em muitos momentos, reportado as conquistas obtidas ao longo de seus dois mandatos.
Acompanhado do vice Pedro Pedrozo, Claiton falou que o pr...

09/03/2020 / Ramon Cardoso