09/02/2020 / Ramon Cardoso

Esporte

Com defesa impecável, Bota Chopp fatura Veterano do AVN/AM

Equipe caxiense que disputava, neste ano, apenas pela segunda vez o Ângelo Venzon Neto/Antônio Minella (AVN/AM), o Bota Chopp (foto acima, de Ramon Cardoso/Jornal Informante) mostrou ao que veio e, com autoridade, venceu a disputa na categoria Veterano com 100% de aproveitamento, vencendo todos seus jogos. O ataque não foi dos mais brilhantes, mas a solidez defensiva chamou a atenção. O time não foi vazado durante os seis jogos do torneio (confira a campanha da equipe abaixo).
Primeiro classificado à fase decisiva da categoria, o Bota Chopp era o único entre o quarteto finalista que não tinha vencido o AVN/AM. A Sociedade Recreativa (SR) 1º de Maio já havia triunfado em duas oportunidades, em 2016 e 2018, e o Canarinho e a SER Beltrão em uma cada, respectivamente, em 2011 e 2013. Por conta disso, a conquista tem um peso mais expressivo para um dos caçulas do torneio, que reforçou a força de seu sistema de defesa neste Quadrangular Final.
Na abertura da etapa decisiva, neste sábado, venceu pelo placar mínimo o Canarinho Identifica Comunicação Visual. Fez o gol no início e se segurou para manter o placar até o apito final. Com a vitória sobre a SER Beltrão, chegou ao confronto decisivo contra a S.R. 1º de Maio, que também havia vencido seus dois duelos. Um golaço do meia Guilherme, na metade da etapa final, após puxar para o meio e disparar um petardo no ângulo do experiente goleiro Perso, garantiu a vantagem no placar, administrada com muito sofrimento nos minutos finais.
Com o título, o Bota Chopp é o 10º time a incluir seu nome no rol dos campeões do Veterano, categoria que começou a ser jogada em 2008 e, neste 2020, foi para a sua 13ª edição. O vice ficou com a S.R. 1º de Maio, o 3º lugar com o Canarinho e o 4º com a SER Beltrão, que também levou o Troféu Disciplina. O artilheiro foi Cleverson Kufner, da S.R. 1º de Maio, com 4 gols, e o goleiro menos vazado, claro, Bráulio Bertuol, do Bota Chopp, que não sofreu gols.
O AVN/AM chega ao seu fim neste domingo, com as categorias 1º Quadro e 2º Quadro. Nos suplentes, muita rivalidade com uma disputa restrita a caxienses, com Hawai, Monte Carmelo, União De Zorzi e Olaria, o único a já ter levado a taça na categoria, em 2016. Já nos titulares, o farroupilhense Vasco da Gama (que também busca um título inédito no 1º Quadro), mede forças contra um trio caxiense, com o Hawai (campeão em 2016), Amigos do Gaúcho (outro que busca conquista inaugural) e o Olaria, que já venceu em quatro oportunidades. A primeira em 2015, em parceria com o farroupilhense Mundo Novo. A equipe é a atual tricampeã (2017 a 2019) e busca o tetra em sequência.
A histórica 40ª edição da disputa, organizada pela Sociedade Esportiva, Recreativa e Cultural (SERC) Farrapos, e que abre o calendário do futebol na Serra Gaúcha, recebe os duelos a partir das 9h deste domingo. Mais sobre os campeões nas categorias principais do torneio você confere neste domingo à noite, no Site e Facebook do Jornal Informante e a cobertura completa do encerramento da tradicional disputa na Editoria de Esporte da Edição 625, que circula na próxima sexta. 

Jornada do campeão Bota Chopp
Quadrangular 1

Bota Chopp 1x0 Liga FC
Bota Chopp 1x0 Vila Lobos
Bota Chopp 2x0 Saturno
Quadrangular Final
Bota Chopp 1x0 Canarinho
Bota Chopp 1x0 SER Beltrão
Bota Chopp 1x0 S.R. 1º de Maio

 

 

Compartilhe

Veja Também:

SERC BRASIL REALIZA CLÍNICA DE FUTEBOL FEMININO

Depois dos guris, é a vez das gurias. O Brasil realiza Clínica de Futebol Feminino. As vagas são limitadas, para atletas nascidas até 2004, e a avaliação acontece nos dias 5 e 6 de março, nas Castanheiras. A atleta inscrita será avaliada em diversos períodos, por meio de treinamentos técnicos, físicos e táticos, buscando diagnosticar o potencial, além de questões comportamentais e convivência em equipe, avaliando a possibilidade de integrar o elenco das gurias rubro-verdes para a temporada 2021.
No ano, além do Brasileirão Série A2 e Gauchão, o time fa...

23/02/2021 / Ramon Cardoso

Brasil abre na segunda inscrições para suas categorias de base

A temporada 2020 foi terrível para o futebol, não apenas para o profissional, mas inclusive para as divisões de base dos clubes. Justamente por isso, a Sociedade Esportiva, Recreativa e Cultural (SERC) Brasil estabeleceu, como uma de suas políticas prioritárias para o ano, o restabelecimento das categorias de base do rubro-verde, as tradicionais escolinhas.
Na próxima segunda abrem oficialmente as inscrições, que são destinadas a atletas nascidos entre 2006 e 2011, para as categorias Sub-11, Sub-13 e Sub-15, tanto no masculino quanto no feminino. Os treinos serão realizados no período da tarde e as inscri&...

19/02/2021 / Ramon Cardoso