07/10/2017 / Ramon Cardoso

Educação

Clássicos revisitados na Pio X

Projeto que envolveu especialmente as disciplinas de Literatura e Língua Portuguesa, capitaneado pelas professoras Erilene Reis (Literatura), Letiane Oliveira (Português e Língua Inglesa) e Fátima Suelen Correia (Literatura, Português e Inglês) desde junho, a Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio São Pio X apresentou, na manhã deste sábado, uma Mostra Artística e Literária, que mobilizou os alunos das séries finais do Fundamental e, principalmente, do Ensino Médio. 
"Trabalhamos os diversos gêneros textuais e incentivamos, dentro desses gêneros, a produção de textos dos próprios alunos", explicou a professora Letiane. As apresentações artísticas deram sequência à palestra do escritor, poeta e colunista do Jornal Informante Armando Wartha, um ex-aluno da instituição de ensino do bairro Pio X, que palestrou logo no início da manhã. Logo após, as turmas iniciaram as performances que se estenderam até o final da manhã. 
"A Escola é uma grande incentivadora da leitura. Há mais de 10 anos que os alunos da manhã têm, todos os dias, 15 minutos dedicados à leitura. É um trabalho que vem dando um ótimo resultado", assegurou a docente Erilene. Foram 11 as turmas envolvidas nas atividades do projeto, as duas turmas do 6º, 7º e 8º ano, a turma do 9º, as duas turmas do 1º ano do Médio, além da turma do 2º e do 3º. Para encerrar os trabalhos da Mostra, dois teatros revisitando clássicos foram encenados, além de um talk show. 
As turmas do 1º ano realizaram o trabalho a partir da releitura de dois clássicos: "Dom Casmurro", de Machado de Assis, e "O Tempo e o Vento", de Érico Veríssimo. Na foto acima, Guilherme Lara e Júlia Valencio interpretam Bento e Capitu, na releitura da obra machadiana feita a partir do olhar de Capitu. Mais sobre o projeto na Editoria de Educação da Edição 507 do Jornal Informante, que circula na próxima sexta.   

 

 

 

Compartilhe

Veja Também:

Ensino Fundamental farroupilhense entre os melhores do Brasil

A pesquisa nacional “Educação que Faz a Diferença”, divulgada pelo Comitê Técnico da Educação do Instituto Rui Barbosa (CTE/IRB), conferiu a Farroupilha o selo “Bom Percurso”. O Educação que Faz a Diferença é fruto de uma parceria entre o Interdisciplinaridade e Evidências no Debate Educacional (IEDE), o IRB e os Tribunais de Contas Estaduais (TCE) com jurisdição na esfera municipal e avalia o Ensino Fundamental.
O Bom Percurso é garantido para redes de ensino em que a maioria dos alunos, ao menos 67%, esteja ao menos no nível básico de profic...

28/06/2020 / Ramon Cardoso

Campus Farroupilha do IFRS entrega 475 protetores faciais

O Laboratório de Fabricação Digital e Prototipagem (IdeaLab), do Instituto Federal (IFRS) do Campus Farroupilha, está envolvido em uma ação que produziu 475 protetores faciais para entidades que trabalham no combate ao covid-19 em Farroupilha e Caxias do Sul. A produção ocorre pela utilização de uma máquina de corte a laser e impressoras 3D e é destinada a profissionais da saúde dos dois municípios. Na última quarta foram entregues protetores faciais para entidades farroupilhenses e caxienses (veja lista de beneficiadas abaixo), produzidas por alunos, servidores e volunt&aacu...

13/04/2020 / Ramon Cardoso