12/02/2020 / Ramon Cardoso

Esporte

Brasil empata jogo-treino contra o Caxias

Disputado nesta quarta à tarde, no Centro de Treinamento do Centenário, o Brasil fez um jogo-treino movimentado contra o Caxias, que se prepara para a semifinal do turno no Gauchão, domingo, contra o Ypiranga.
O técnico Rodrigo Bandeira utilizou a atividade para soltar ainda mais o time da pesada carga física da pré-temporada, depois do amistoso de sábado, em Venâncio Aires, que terminou com vitória farroupilhense por 2 a 1. Por outro lado, seu colega de profissão, Rafael Lacerda, colocou para atuar atletas que não vêm sendo aproveitados reforçados de reservas.
Com mais ritmo por ter iniciado a preparação ainda no final do ano passado, a equipe grená teve mais controle na etapa inicial, especialmente do meio para o fim, quando o volante Marabá recebeu na frente, cortou a marcação e acertou um belo chute no ângulo do goleiro Felipe Pedot para abrir o placar para o time caxiense, placar que perdurou até o intervalo.
Na metade final, os técnicos rodaram bastante as equipes. Bandeira sacou o atacante Talles, que ficou muito isolado no 1º tempo do jogo-treino e colocou Taquara (foto acima, de Ramon Cardoso/Jornal Informante). Com o meia atacante Edy jogando mais na armação, o rubro-verde cresceu de produção e aos 35 minutos chegou à igualdade justamente com a dupla.
Edy fez boa jogada pelo meio, atraiu a marcação e ‘pifou’ Taquara, que dominou e bateu cruzado, forte, rasteiro, sem dar chance de defesa para o goleiro Eder. Na foto abaixo, de Ramon Cardoso/Jornal Informante, Edy e Taquara celebram a jogada que resultou no empate farroupilhense. A partir daí, o Brasil teve mais domínio, mas faltou finalizar a gol para conseguir a virada. O treino ficou mesmo no 1 a 1.
“De um modo geral, foi um bom jogo-treino, bem movimentado. Foi bom para dar ainda mais sequência para os atletas. No 1º tempo tentamos muito o jogo pelo meio, algo que corrigimos na etapa final, não atuando muito por dentro e abrindo mais o jogo”, observou o técnico rubro-verde. Bandeira destacou que já percebe uma evolução na equipe, mas admite que ainda falta melhorar em muitos aspectos até a estreia na Segundona, dia 1º de março, contra o Igrejinha, fora de casa.
No entanto, é natural que o time se apresente de maneira mais solta já que está para ser concluída a quarta semana de pré-temporada. Um novo amistoso acontece sábado, às 10h30min, diante do Aimoré, no Cristo Rei, em São Leopoldo. No dia 21, uma sexta, à tarde, o Brasil recebe o Nova Prata, nas Castanheiras, já na reta final de preparação. Mais sobre o rubro-verde você confere na Editoria de Esporte da Edição 625 do Jornal Informante, que circula na sexta.  

 

Compartilhe

Veja Também:

Ao ataque: centroavante Giancarlo é o novo reforço do Brasil

Que Carnaval, que nada. A direção do Brasil não parou na data e confirmou um novo reforço: o experiente centroavante Giancarlo, de 37 anos (foto acima, da Assessoria de Imprensa da SERC Brasil). O atleta inclusive já treinou com os demais companheiros na tarde desta terça. Revelado para o futebol no América (RJ), ele teve passagens por diversos clubes do País como Náutico, Chapecoense, Paraná, Bragantino, Ponte Preta, Criciúma, São Caetano, Guarani, Atlético Goianiense... enfim, foram mais de 20 clubes na carreira.
No Estado, ganhou destaque no Novo Hamburgo, quando foi artilheiro do Gauch&at...

26/02/2020 / Ramon Cardoso

Alê Menezes retorna ao rubro-verde

Após a confirmação da saída de Rodrigo Bandeira, que deixou o clube e acertou sua ida ao Guarany de Bagé, a direção do Brasil agiu rápido e fechou, ainda na terça à noite, com o novo técnico. Na verdade, nem tão novo assim. Alê Menezes (foto acima, do Arquivo do Jornal Informante), que comandou o rubro-verde na inédita participação na Terceirona no ano passado, conquistando um acesso invicto à Segundona Gaúcha (a equipe somente foi derrotada na decisão para o Guarany de Bagé), está de volta ao Gigante das Castanheiras. Ele estava na lista dos po...

19/02/2020 / Ramon Cardoso