05/08/2017 / Ramon Cardoso

Especial

Bem-Vindo a Farroupilha destaca potencialidades do município

Editado pelo Jornal Informante desde 2012, o Guia Turístico Bem-Vindo a Farroupilha chega à 6ª edição e tem circulação especial durante a 22ª Festa Nacional do Kiwi (Fenakiwi). Sempre produzido no principal evento da temporada (Fenakiwi, Entrai ou Festival do Moscatel), o anuário destaca as potencialidades turísticas do município. 
Além de dados gerais sobre a realidade da cidade, de populacionais a econômicos, os pontos turísticos estão destacados neste ano com mais fotos, em especial a histórica Capela São José, que teve a conclusão de seu restauro realizada no final do ano passado que ajuda a explicar um pouco da religiosidade que sempre fez parte da trajetória do município, antes mesmo de sua emancipação política.
Os templos religiosos ganham divisão especial dentro do Bem-Vindo a Farroupilha, desta vez setorizado. Alguns deles, os mais relevantes, integram o material, que ainda conta com as festas da cidade e uma lista com telefones e endereços para aproveitar o melhor que Farroupilha tem a oferecer em um roteiro de compras, diversão, gastronomia e lazer. 

Compartilhe

Veja Também:

Nádia Gelmini Crippa: Certificado Mulher Referência

A contemplada com o Certificado Mulher Referência 2019 pelo Conselho Municipal dos Direitos da Mulher (Comdim) encerrou a noite de homenagens no Legislativo. Nádia Gelmini Crippa (foto acima, de Ramon Cardoso/Jornal Informante) teve sua trajetória destacada pela advogada Francielle Boschetti Reche, presidente do Comdim.
“Tenho muito orgulho de estar representando o Comdim e a escolha da Nádia é por conta de sua luta para garantir o pleno exercício da cidadania feminina. É uma mulher referência junto à política de assistência social do município. Quando conversei com a Nádia ela foi t&atild...

19/03/2019 / Ramon Cardoso

Doki: a mãe do Richard

Homenageada pela bancada do Movimento Democrático Brasileiro (MDB), pela manifestação da vereadora Eleonora Broilo, Dorli Maria Tonin, a Doki (foto acima, de Ramon Cardoso/Jornal Informante), relembrou sua trajetória vinculada à Educação, destacando que sempre acalentou o sonho de ser professora, função que desempenhava até mesmo nas brincadeiras da infância. Ela destacou a importância do alicerce familiar, em especial, do filho Richard.
“Há 37 anos eu mudei de nome. Não sou mais a Dorli ou a Doki, mas a mãe do Richard. Ele é um anjo que veio à Terra para ...

19/03/2019 / Ramon Cardoso