31/07/2017 / Ramon Cardoso

Esporte

Apahand/UCS/Farroupilha perde para a Abluhand, em Blumenau, e busca recuperação em sequência caseira

Em seu segundo compromisso na Liga Nacional de Handebol Feminino, a Apahand/UCS/Farroupilha (foto acima, de Isabel Spies) sofreu nova derrota. Jogando neste domingo à tarde, no Centro Esportivo do Sesi, em Blumenau, a equipe farroupilhense acabou superada pela Abluhand, 3ª colocada no último nacional e comandada por Sérgio Graciano, técnico do time há 11 anos e também da Seleção Brasileira de Handebol Feminino. A exemplo da estreia, contra a UnC Concórdia, a Apahand venceu a etapa inicial, desta vez por 13 a 12, mas levou a virada na metade final e acabou superada por 27 a 24.  
O time farroupilhense retorna de Santa Catarina com duas derrotas e necessita de recuperação na sequência da competição nacional. Para isso, terá três duelos em casa, no Ginásio Poliesportivo da UCS, contra Guarulhos, no dia 13, Maringá, no dia 19 e, por fim, contra São Bernardo, no dia 11 de setembro. A Apahand está na Conferência Sul/Sudeste da Liga, a mais forte da disputa e que conta com oito equipes, sendo a única gaúcha. Os duelos acontecem em turno único e ao final das sete rodadas, as quatro primeiras avançam ao pentagonal semifinal. Mais sobre a Apahand na Edição 497 do Jornal Informante, que circula na próxima sexta. 

Compartilhe

Veja Também:

Brasil Feminino sai invicto, mas fica com o vice em torneio

Em competição preparatória ao Gauchão Feminino, as meninas rubro-verdes (foto acima, de Lis Neis) foram até Santa Cruz do Sul disputar um triangular neste domingo. O torneio foi organizado pelo Flamengo e disputado no estádio Timbaúva. Além do anfitrião, o Internacional, atual vice-campeão estadual, também participou. Os duelos foram disputados em 30 minutos cada lado. 
Na estreia, a equipe farroupilhense ficou no empate sem gols com o Inter, reeditando o duelo semifinal do Gauchão passado. Na sequência, vitória por 2 a 1 sobre o Flamengo, com gols de Tuca e Jana. Com a vitó...

21/05/2019 / Ramon Cardoso

Na raça, Brasil busca duas vezes o empate contra o Santo Ângelo

O rival vinha embalado por duas vitórias e tinha atingido, embora com um jogo a mais, a mesma pontuação do Brasil. Por conta disso, o duelo deste domingo à tarde, contra o Santo Ângelo, nas Castanheiras, era fundamental para a manutenção da posição (o rubro-verde levava a melhor nos critérios) e para seguir sonhando com a melhor campanha da Terceirona Gaúcha, já que o líder Gaúcho soma 19 pontos.
Era natural que o time visitante viesse fechado (confira na foto acima, de Ramon Cardoso/Jornal Informante), buscando explorar os contra-ataques. Aos 10 minutos, a primeira chance da equipe far...

19/05/2019 / Ramon Cardoso