31/07/2017 / Ramon Cardoso

Esporte

Apahand/UCS/Farroupilha perde para a Abluhand, em Blumenau, e busca recuperação em sequência caseira

Em seu segundo compromisso na Liga Nacional de Handebol Feminino, a Apahand/UCS/Farroupilha (foto acima, de Isabel Spies) sofreu nova derrota. Jogando neste domingo à tarde, no Centro Esportivo do Sesi, em Blumenau, a equipe farroupilhense acabou superada pela Abluhand, 3ª colocada no último nacional e comandada por Sérgio Graciano, técnico do time há 11 anos e também da Seleção Brasileira de Handebol Feminino. A exemplo da estreia, contra a UnC Concórdia, a Apahand venceu a etapa inicial, desta vez por 13 a 12, mas levou a virada na metade final e acabou superada por 27 a 24.  
O time farroupilhense retorna de Santa Catarina com duas derrotas e necessita de recuperação na sequência da competição nacional. Para isso, terá três duelos em casa, no Ginásio Poliesportivo da UCS, contra Guarulhos, no dia 13, Maringá, no dia 19 e, por fim, contra São Bernardo, no dia 11 de setembro. A Apahand está na Conferência Sul/Sudeste da Liga, a mais forte da disputa e que conta com oito equipes, sendo a única gaúcha. Os duelos acontecem em turno único e ao final das sete rodadas, as quatro primeiras avançam ao pentagonal semifinal. Mais sobre a Apahand na Edição 497 do Jornal Informante, que circula na próxima sexta. 

Compartilhe

Veja Também:

Gurias rubro-verdes tiveram semana cheia de treinamentos

Em uma semana foram cinco treinos. As gurias rubro-verdes fizeram bom proveito dos dias de bandeira laranja na Serra para tirar os mais de 110 dias de pandemia do corpo e começar, aos poucos, a recuperar a capacidade física e técnica para quando forem retomadas as competições. O Brasileirão Série A2 tem volta projetada para o final de setembro.
Na sexta à noite, nas Castanheiras (foto acima, de Ramon Cardoso/Jornal Informante), um treino de duas horas, muito intenso, tanto físico quanto técnico, comandado na parte inicial pelo preparador físico Rafael Dos Santos, o Brasa, e na final pelo técnico Luc...

11/07/2020 / Ramon Cardoso

Brasil Feminino conta agora com psicóloga e nutricionista

O momento é dos mais delicados e justamente por isso exige uma estrutura de suporte necessária ao projeto. A diretoria da Sociedade Esportiva, Recreativa e Cultural (SERC) Brasil, por meio do Departamento de Futebol Feminino, vem buscando profissionalizar ainda mais o trabalho. A partir desta semana, duas novas profissionais passam a integrar o projeto das gurias rubro-verdes: a psicóloga Luana Menosso e a nutricionista Fernanda Werberich (na foto acima, da Assessoria de Imprensa da SERC Brasil, ao lado da coordenadora Tati Petkovicz Pozza).
Luana ressaltou que esta é a sua primeira experiência na área esportiva, mas relatou que realizou um ...

07/07/2020 / Ramon Cardoso