21/11/2017 / Ramon Cardoso

Inside

A vitoriosa Poesia de Inês Terezinha Busetti

O Encontro de Arte e Tradição Gaúcha, o Enart, encerrou no último domingo, em Santa Cruz do Sul, e Farroupilha teve amplo destaque com conquistas individuais. Uma delas foi com Inês Terezinha Busetti (foto acima, de Monalisa Busetti). 
Representando o Centro de Tradições Gaúchas (CTG) Rancho de Gaudérios, ela conquistou o 1º lugar na Poesia com "O Tempo e a Taipa: Flor de Liz" (veja abaixo). Mais sobre os premiados no Inside da Edição 513 do Jornal Informante, que circula na próxima sexta. 

O Tempo e a Taipa            
Flor de Liz

A manhã é fria e debulha o orvalho
Na flor mimosa, que ornamenta o campo,
E o vento Minuano soprando-lhe as folhas
Lançando seu perfume a cada recanto.
Ao longe o sol nascente lança fagulhas
Em cada colina adormecida e calma
E os meus olhos sonolentos e xucros
Embebem essa magia que afaga a alma.

Essas cores entre verdes e dourados
Tons caprichosamente tingidos pelo sol de inverno
Vão formando esse quadro: “tela campesina”
Tão perfeita obra do “pintor eterno”.
O divino pincel vai trançando rumos e sina
E nem a rude pedra foge dessa sorte,
A cada passo, lá está ela, serpenteando,
Formando taipas, cruzando de sul a norte.

Na velha porteira, à beira do caminho,
A velha taipa, qual muralha, quase ruína
Marcada pelo tempo, pelas intempéries,
Segue açoitada pelo sopro frio do minuano.
Suas pedras irregulares, roliças, escuras…
Trazem à mente o tempo de outrora,
Um tempo de magia, de calma, de rusgas,
Traçando limites que se vão campo afora.

Se reviverem esses tempos já passados
Ouvirão os cantos plangentes dos negros quebras
Ecoando no ar... lamentos ao vento…
Enquanto põem em seu lugar as pedras
E eles escravos de um tempo desigual
Vão alcançar taipas, mangueiras, muradas
Para durar eternamente demarcando, sinal
Limites de fazenda do patrão, campo e estradas.

Ah! Silenciosa e velha taipa!
Recordação do tropeiro tangendo a boiada…
Contando causos, cantando ou floreando gaita.
Tu és testemunha das pendengas do peão,
Dos entreveros, das tropeadas, das reses nas estradas,
Da lida do campeiro, dos pingos altaneiros
A desfilar garboso pela planície e canhadas,
Do amanhecer que alegra o pampa inteiro.

Quantas mãos calejadas, admiraram tuas formas,
E quanto suor, escorreu da pele escura
Do negro, que te erguia do chão,
Para formar esta muralha, que perdura.
Quantas luas se foram desde então…
Tu serviste de abrigo para o rebanho cansado,
Limite para o potro afoito e bardoso,
Pouso para o quero-quero tão alvoroçado.

Ao te ver agora taipa musguenta
Parece-me ouvir ao longe o ranger da carreta,
O canto dolente do índio vago, solito…
Que pelo pampa deixou seus “recuerdos”
Taipa velha, trilha marcada, serpenteando…
Traço que o vento não apagou,
Sinal de um tempo que se vai ao longe
Legado que o gaúcho no pampa deixou.

Não sei porque quando te contemplo
Meu peito se aperta como se “chinchado”,
Pelos braços envolventes da saudade.
E minha alma busca trazer versado
Esse sentimento, em singela frase,
Como se pudesse ver o tempo passado,
E meu olhar saudoso, mirando o infinito.

Compartilhe

Veja Também:

Show de Vitor Ramil fecha fim de semana

Promoção do Serviço Social do Comércio (Sesc) de Farroupilha, o show de Vitor Ramil (foto acima, de Satolep Press) é a boa pedida para o encerramento do final de semana. O músico se apresenta no domingo, às 19h, no Auditório Professor Raul Bampi, no Campus Farroupilha (CFar) da Universidade de Caxias do Sul (Rodovia dos Romeiros, 567).
O Jornal Informante sorteia cinco ingressos para o espetáculo. Para concorrer basta compartilhar nossa postagem no Facebook no modo público. O resultado será divulgado no sábado pela manhã. Porém, não conte com a sorte e adquira s...

22/08/2018 / Ramon Cardoso

Um mergulho nas belezas e na história do rico interior farroupilhense

O município é reconhecido por um interior riquíssimo, seja no aspecto histórico e cultural, seja por suas belezas naturais. O que faltava era explorar de maneira adequada essa riqueza e o Farroupilha Colonial, um roteiro turístico que será lançado nesta sexta, às 14h, no Espaço Biazolli, em Linha Jacinto, no 2º Distrito, chega para suprir essa lacuna.
São sete pontos de visitação que integram o roteiro: a Casa Canjerana (Linha Boêmios), o Acervo da Bea (Nova Milano), o De Luca Gastronomia Caseira (Nova Sardenha), a Vinícola De Cezaro (Rio Caçador), a Casa de Cultura Sueca (L...

16/08/2018 / Ramon Cardoso