13/07/2017 / Ramon Cardoso

Esporte

A trajetória meteórica de Rafa até a Seleção Brasileira Sub-17

Nesta sexta, a Edição 494 do Jornal Informante traz, na Editoria de Esporte, uma matéria com a jovem Rafaela Levis Marostica (foto) que, aos 14 anos, acabou convocada para a Seleção Brasileira Feminina Sub-17 e irá, a partir da próxima terça, participar de um período de treinamentos na Granja Comary, em Teresópolis.
Bicampeão gaúcha Sub-15 no último fim de semana, pelo Mundo Novo, de Três Coroas, a atleta farroupilhense foi um dos destaques da competição e na fase classificatória foi observada por uma olheira da Seleção de Base, que rendeu sua convocação para o time Sub-17, que inicia a preparação para a disputa do Sul-Americano, no próximo ano. 
Conversamos com os pais de Rafa, Luciano e Olga, os professores e técnicos Gabriel Luís de Abreu, da escola Antônio Minella, e Jéferson Michel, da Getúlio/Parobé e Mundo Novo, que falaram sobre o talento precoce da meia direita e, claro, sobre a convocação. Não deixem de conferir.  

Compartilhe

Veja Também:

SERC Brasil Feminino fica com o vice no Citadino Caxiense

As meninas rubro-verdes foram a campo na tarde quente deste domingo, encarar o Cristóvão de Mendoza, na grande final do Citadino de Caxias do Sul, disputada no campo do Enxutão. Em seu ano de estreia, pesou mais a experiência das rivais, que mostraram melhor entrosamento. 
Logo aos 5 minutos, a meia Téti recebeu na frente e finalizou na saída da goleira Gil. A zaga ainda tentou cortar, mas a bola parou no fundo da rede. Cristóvão 1 a 0. A vantagem deixou o time caxiense mais tranquilo. O Brasil não conseguia acertar passes e apostava nos lançamentos para a atacante Elaine Pan, artilheira da equipe com 4 gols....

10/12/2017 / Ramon Cardoso

SERC Brasil Feminino em busca do primeiro caneco

Em sua primeira competição oficial, o time feminino da SERC Brasil disputa, logo mais, às 15h, no campo do Enxutão, a final do Citadino de Caxias do Sul, contra o Cristóvao de Mendonça. O time venceu seus dois jogos no triangular da Chave A, o Beviláqua por 2 a 1, com gols de Ana e Elaine Pan, e a Codeca por 4 a 0, com um gol de Bruna Gallioto e um hat-trick de Elaine Pan, a artilheira da competição com 4. 
"Teremos uma grande adversária pela frente, uma equipe muito entrosada e bem treinada. A grande vantagem é que terei o time completo pela primeira vez, exceto pela Jana, que acabou expulsa no ...

10/12/2017 / Ramon Cardoso